Aspectos físicos do rio grande do norte

1

Os Aspectos físicos do rio grande do norte são incríveis, A geografia de uma lugar pode revelar muito de sua história, claro que se falando de fauna, flora e formações geológicas, por ser uma área que tem uma pegada costeira litorânea e conforme vamos adentrando podemos encontrar mares de morros, planícies, serras, chapadas dentre outras formações características do território nordestino.

Quando estamos estudando os aspectos físicos de um lugar temos que adentrar em outros contextos como por exemplo (vegetação e hidrografia).

Claro que o objetivo desta matéria não é mostrar com precisão a geografia contemporânea do Rio Grande do Norte, iremos detalhar informações que servirão como introdução para clarear a mente de quem procura conhecer o local.

Quais são as subdivisões do Rio Grande do Norte?

Aspectos físicos do rio grande do norte
Aspectos físicos do rio grande do norte

O estado do Rio Grande do Norte é extenso e dividido em quatro mesorregiões e 19 microrregiões, para entender melhor essas divisões iremos detalhá-las logo a baixo.

Conhecer como uma região é dividida por divisões é muito importante para ajudar na localização e no reconhecimento da área, de acordo com cada subdivisão podemos encontrar diferentes tipos de terrenos, florestas, animais e hidrografia.

  1. Agreste Potiguar: microrregiões Agreste Potiguar, Baixa Verde e Borborema Potiguar
  2. Central Potiguar: microrregiões Angicos, Macau, Seridó Ocidental, Seridó Oriental, Serra de Santana
  3. Leste Potiguar: microrregiões Litoral Nordeste, Litoral Sul, Macaíba, Natal
  4. Oeste Potiguar: microrregiões Chapada do Apodi, Médio Oeste, Mossoró, Pau dos Ferros, Serra de São Miguel, Umarizal e Vale do Açu

Observando as divisões podemos identificar que é ampla a mudança de relevo e vegetação chega a ser impossível não notar a riqueza de informações que cada área passa visualmente.

quais são as subdivisões do rio grande do norte?

Aspectos físicos do rio grande do norte
Aspectos físicos do rio grande do norte

Essas são as áreas de subdivisões que podem ser encontrada dentro do rio grande do norte e em grande parte do nordeste brasileiro.

  • Cerrado: típica do Planalto Central brasileiro e de clima tropical semiúmido, é a segunda maior formação vegetal do Brasil. Apesar de sua paisagem ser composta por árvores baixas e retorcidas, é a vegetação com maior biodiversidade do planeta. Somente nos últimos anos é que os ambientalistas vêm se preocupando com esse ecossistema, que sofre vários danos ambientais causados pela plantação de soja e cana-de-açúcar e pela pecuária.
  • Pantanal: localizada no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, é considerada uma vegetação de transição, isto é, uma formação vegetal heterogênea composta por diferentes ecossistemas. Em determinadas épocas do ano, algumas porções de área são alagadas pelas cheias dos rios e é somente nas estiagens que a vegetação se desenvolve.
  • Campos sulinos: também conhecidos como “pampas” e característicos de clima subtropical, apresentam vegetação rasteira com a predominância de capins e gramíneas.
  • Mata de Araucária: com a predominância de pinheiros e localizada no estado do Paraná, é uma vegetação típica de clima subtropical. Sua cobertura original é quase inexistente em razão da intensa exploração de madeira para fabricação de móveis.
  • Mangues: é um tipo de vegetação de formação litorânea, caracterizado principalmente por abranger diversas vegetações, ocorrendo em áreas baixas e, logo, sujeito à ação das marés
  • Caatinga: é uma vegetação típica de clima semiárido, localizada no Nordeste brasileiro. Possui plantas espinhosas e pobres em nutrientes. Nos últimos anos, vem sofrendo diversas agressões ambientais que causam empobrecimento do solo, dificultando mais ainda o desenvolvimento dessa região

Essas subdivisões que são encontradas dentro do rio grande do norte são muitas vezes únicas, significam que não podem ser encontradas em outras partes do mundo por isso manter um plano de preservação ambiental é extremamente importante.

O Rio grande do norte possui planalto?

Aspectos físicos do rio grande do norte
Aspectos físicos do rio grande do norte

O nordeste quase que por inteiro tem uma pequena parte de mares, morros e planalto, isso por que sua localização é favorável geograficamente para esse tipo de formação.

Existem relevo nos estados vizinhos a o RN?

O Rio grande do norte é favorecido por sua posição geográfica, contendo áreas litorâneas, mares de morros, mata, semi árido e outras características do nordeste, mas isso não significa que o rio grande do norte seja dono exclusivo dessas belezas naturais, formações semelhantes são encontradas ao longo de todo território nordestino.

Quero conhecer mais sobre os aspectos físicos do rio grande do norte!

Para conhecer ainda mais do que o RN tem a oferecer você pode visitar o estado e aproveitar tudo pessoalmente, ou aproveite para ler nosso artigo sobre: Expectativa de vida no RN.

1 comentário
  1. […] Aspectos físicos do rio grande do norte […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.