Bandeira do Rio Grande do Norte

0

- Anuncie Agora: 84 999583848 -

Você conhece a bandeira do Rio Grande do Norte?  Entre todos os elementos que simbolizam uma cultura  e representam o patriotismo de seu povo, com toda a certeza a bandeira é um  dos principais.

Por exemplo,  você já parou para se perguntar porque a bandeira do Brasil tem as cores verde  e amarelo e não outras cores quaisquer? Essas cores que estão presentes aí porque possuem significado que representa o nosso país,  o verde representa as nossas matas e o amarelo as nossas riquezas.

Com  os estados da nossa Federação não é diferente, cada um deles tem sua própria bandeira que possui em símbolos e cores com significados que representam a sua história, as suas riquezas e os elementos culturais imprescindíveis para a identidade de seus povos formadores.

Neste artigo,  vamos apresentar em maiores detalhes a bandeira do Rio Grande do Norte para que você entenda foi a importância para os potiguares e o seu simbolismo em  presente nos elementos que a compõe.

Vamos lá?

A bandeira do Rio Grande do Norte

Poucas pessoas param para pensar sobre a importância das Bandeiras é menos ainda sobre os significados que seus elementos constituidores trazem.  muitas pessoas inclusive quando questionada sobre quais as cores das bandeiras de seus estados e até mesmo de suas cidades não sabem responder.

bandeira do rio grande do norte
Bandeira do Rio Grande do Norte.

Portanto,  pensando em contribuir com mais cultura e conhecimento para nossos leitores resolvemos abordar um pouco sobre a bandeira do Rio Grande do Norte e quem sabe inspirar você a pesquisar um pouco mais a respeito.

Todo povo possui seus símbolos e as bandeiras estão entre os mais utilizados e mais importantes economias que representam povos no mundo todo.

Os significados da bandeira do Rio Grande do Norte É uma forma de entender melhor a história deste maravilhoso estado e compreender também a sua cultura,   entendendo de uma forma mais profunda a identidade cultural de seu povo.

1.  A bandeira do Rio Grande do Norte –  um pouco de história

A bandeira do Rio Grande do Norte foi desenhada pelo importante  historiador Potiguar Luís Câmara Cascudo. Suas cores e o seu brasão de armas foram escolhidos por conter  os elementos que melhor representam o Estado do Rio Grande do Norte.

Museu Câmara Cascudo em Natal.

A Bandeira do Rio Grande do Norte foi instituída pela Lei n° 2.160 de 3 de dezembro de 1957, durante o governo de Dinarte Mariz. 

Câmara Cascudo foi encarregado da tarefa de definir o estilo cores e símbolos da bandeira do Estado Potiguar por ser um especialista na cultura do Estado.  

Durante toda a sua vida Câmara Cascudo dedicou-se a pesquisar a história do Rio Grande do Norte,  conhecendo como ninguém a sua cultura e entendendo de forma muito profunda a identidade do povo que  o formou.

Evidentemente,  desenhar uma bandeira que represente todo um povo e  que é carregará a história e a cultura de uma região estado o mesmo país não é uma tarefa que pode ser feita de qualquer modo,  cores e símbolos não podem ser escolhidas de forma aleatória.

 Portanto:

  1. a bandeira do Rio Grande do Norte foi criada pelo Historiador e pesquisador Potiguar Luís Câmara Cascudo;
  2. ela foi instituída por lei em dezembro de 1957;
  3. sua composição mesmo os menores detalhes refletem a história e a identidade do Estado Potiguar.

Quem foi Luís Câmara Cascudo?

Antes de darmos o significado das cores e símbolos da Bandeira, incluindo o seu brasão de armas, convém esclarecer melhor quem foi Câmara Cascudo.

Luiz Câmara Cascudo em colação de grau (1928).

Luís Câmara Cascudo nasceu na capital Natal RN em um dia 30 de dezembro de  1898, filme do  coronel Francisco Justino de Oliveira Cascudo e de Ana Maria da Câmera Cascudo.

Ele foi uma criança precoce,  que aos seis anos de idade já sabia, fato muito incomum para a época onde muitas pessoas acabam não sendo nem mesmo  alfabetizadas. 

Como um Genuíno filho de Natal Rio Grande do Norte Câmara Cascudo   honrou a cultura Potiguar como ninguém.

Ele foi aluno do Atheneu Norte Rio-grandense. Na sua juventude viveu na chácara Villa Cascudo, no bairro do Tirol.

- Anuncie Agora: 84 999583848 -

Sua carreira intelectual começou oficialmente aos 19 anos quando iniciou os seus trabalhos no jornal A Imprensa de propriedade de seu pai. entre os anos de 1924 até 1928 estudou na na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco,  graduando-se na referida instituição. 

Em 1934 se tornou correspondente do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Também foi professor na década de 1950 quando foi responsável pela organização diversas coletâneas de textos históricos etnográficos e sobre os mitos folclóricos brasileiros.

Também atuou como professor de direito  e fez uma viagem a África onde realizou inúmeras pesquisas que serviram de base para os seus “A Cozinha Africana no Brasil” (1964) e “História da Alimentação no Brasil”, pulicada em dois volumes em 1967 e 1968.

 Câmara Cascudo faleceu em 30 de julho de 1986 no Rio Grande do Norte:

 Em outras palavras:

  • Câmara Cascudo foi um importante Historiador, professor e escritor Potiguar;
  • A sua formação intelectual e cultural permitiram-lhe  dispor de todos os elementos necessários para a elaboração da bandeira do Estado.

2.  A bandeira do Rio Grande do Norte –  significados e simbolismos

A bandeira do Rio Grande do Norte  foi oficialmente adotada pelo Estado em 13 de dezembro de 1957 e possui formato retangular (proporção 2:3), sendo composta por dois retângulos horizontais, sendo o superior na cor verde e o inferior na cor branca.

Memorial Câmara Cascudo em Natal.

No seu centro está o brasão de armas do Estado:

Eis o significado de suas cores:

  1.  o verde simboliza as matas e  as riquezas naturais do estado Potiguar;
  2.  o amarelo simboliza as riquezas minerais do solo do Rio Grande do Norte;
  3.  o branco simboliza a paz. 

O brasão de armas da bandeira do Rio Grande do Norte

Este brasão fica no centro da bandeira do estado e sua inspiração remonta os elementos tradicionais da composição de brasões européia.

Brasão de Armas do RN.

Devemos nos lembrar que o Brasil foi colonizado por portugueses e muito da nossa cultura e forma de fazer as coisas foi apreendida com ele e ainda permanece assim.

O brasão foi criado pelo decreto 201 de 1º de julho de 1909, durante a gestão do governador Alberto Maranhão.

Os seus elementos da mesma forma que o restante da Bandeira elementos de importância fundamental para a história,  para a economia, para a Cultura e para a formação da identidade Potiguar.

Desenhado e organizado pelo escultor Corbiniano Vilaça, ele é formando por:

  • um coqueiro à esquerda;
  • uma carnaúba à direita;
  • uma cana-de-açúcar e um algodão, estes dois últimos representando a flora;
  • Figura ainda um mar, com a jangada, representando a pesca e a extração de sal.

Bandeira do Rio Grande do Norte

Quando olhamos para a bandeira do Rio Grande do Norte estamos de uma forma simbólica olhando todos os principais componentes que fazem deste estado um dos mais importantes do nosso país.

Olhar para esta Bandeira é reviver a sua história e entender de uma forma mais profunda a cultura Potiguar.

Agora,  quando você contemplar a bandeira do Rio Grande do Norte e ver as suas cores verde e amarela,  e os símbolos desceu brasão de armas, como o coqueiro a carnaúba o algodão e o mar, saberá que eles resumem de uma forma singela e poética através de uma imagem todos os componentes mais preciosos para própria existência do Estado Potiguar

Agora,  só falta você vir ver de perto toda essa cultura e toda essa história!

Até a próxima!

- Anuncie Agora: 84 999583848 -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.