Estádio Machadão

0

- Anuncie Agora: 84 999583848 -

Conhecido pelos potiguares como Estádio Machadão, o Estádio João Cláudio de Vasconcelos Machado foi um dos pontos esportivos mais importantes da cidade de Natal.

E dissemos foi, porque o Machadão deu lugar a Arena das Dunas, um moderno e novo estádio de futebol construído especialmente para a ocasião da copa do mundo no Brasil.

Neste artigo especial vamos apresentar para você a história do Machadão e como esse importante estádio deu lugar há um dos palcos mais emblemáticos da Copa do Mundo de 2014.

Confira!

O Estádio Machadão em Natal

Que o futebol é um dos esportes mais amados dos brasileiros todo mundo sabe. E Natal também tem história para contar quando o assunto é a bola em campo! O antigo Estádio Machadão, hoje Arena das Dunas, está aí para contar.

Estádio Machadão
Antigo Estádio Machadão em Natal.

Mais do que uma arena esportiva, o Machadão recebia outros eventos além de jogos de futebol, o estádio recebia em seus arredores o o Carnatal) (Carnaval tradicional de Natal), o Kartódromo e, periodicamente, shows, circos e parques de diversão.

1.O Estádio Machadão – início de uma história

O Machadão era de propriedade do município de Natal e gerido pela Secretaria de Esportes e Lazer (SEL). O responsável pelo seu projeto foi o arquiteto potiguar Moacyr Gomes da Costa, que acabou projetando o que viria a ser conhecido como um dos estádios de futebol mais bonitos do Brasil.

Estádio Machadão em 1972.

O prédio era tão bonito que foi chamado pelo então governador do estado Cortez Pereira de “um poema de concreto”. O estádio foi inaugurado em 4 de junho de 1972 sendo inicialmente nomeado de Presidente Castelo Branco no auge da ditadura.

Participaram da ocasião da sua inauguração o governador do Estado Cortez Pereira e também o então prefeito Jorge Ivan Cascudo Rodrigues.

A partir dali o estádio seguiria firme e forte por 39 anos como o principal palco esportivo do futebol na capital Natal.

Pelos seus gramados passaram simplesmente os maiores craques do futebol brasileiro, como Pelé, Zico, Rivelino, Ademir da Guia, Tostão, Romário, Reinaldo e Júnior, além de ídolos locais como Alberi, Danilo Menezes, Hélcio Jacaré, Souza, Garcia, Hélio Show, Marinho Apolônio, Odilon, Sérgio Alves e Dedé de Dora.

Um verdadeiro time dos sonhos! Poucos locais no nosso país poderiam dizer que já receberam sobre seu solo tantos craques do nosso futebol.

E como não poderia deixar de ser, o estádio viu todo tipo de coisas, de gols famosos e inesquecíveis, até lances duvidosos e polêmicos que renderam toda sorte de discussões futebolísticas.

Uma história inesquecível

Para inaugurar o estádio foi realizada, como é se imaginar, uma partida de futebol. E foi inaugurado com rodada dupla. A partida preliminar foi disputada entre os times ABC e América, terminando com um placar de 1 a 0 para o time alvinegro.

O gramado do Machadão.

William o primeiro jogador a marcar um gol no Machadão, deixando seu nome para sempre na história do estádio.

Já na partida principal e festiva, o time do Vasco da Gama jogou com a Seleção Brasileira Olímpica, num jogo que ficou no 0 x 0, mas valeu o espetáculo para que assistiu a festa.

Projetado inicialmente para receber 57 mil pessoas, ao longo dos anos a capacidade do Machadão foi reduzida para cerca de 35 mil, pois teve a aérea geral da torcida fechada devido a problemas estruturais causados por infiltrações.

O recorde oficial de público ficou do Machadão foi de 56.320 pessoas com mais de 50,000 pagantes em 29 de novembro de 1972, mesmo ano de sua inauguração.

Porém, a obra não ficou imune ao passar do tempo e acabou tendo de passar por uma reforma entre 2006 e 2007, visando receber os jogos do América no campeonato Brasileiro da Série A.

- Anuncie Agora: 84 999583848 -

Apesar disso, o Machadão não viveria muito mais, pois quando o Brasil foi escolhido para sediar a Copa do Mundo de 2014, seu fim foi decretado para dar lugar a Arena das Dunas.

2. Do Estádio Machadão a Arena das Dunas

A realização da Copa do Mundo no Brasil deu início a uma verdadeira odisseia de obras entre reformas e construções de novos estádios, sem falar das melhorias estruturais em transporte e infraestrutura nas cidades que sediaram os jogos.

O Machadão havia recebido uma reforma apenas quatro anos antes com um investimento total de 17 milhões de reais. Mas, nem esse montante todo investido salvou a antiga arena de ser demolida.

A Arena das Dunas em Natal.

Estima-se, conforme reportagem do Tribuna do Norte, que apenas a demolição do estádio Machadão custou 32 milhões de reais!

Muitos potiguares não viram as novas com bons olhos, e alguns até hoje acham que o Machadão não precisava ter sido demolido, e que mais uma boa reforma deixaria a arena perfeita para a copa.

Seja como for o estádio não escapou do seu destino e em seu lugar nasceu um projeto monumental, o moderno estádio Arena das Dunas.

Mas, o seu falecimento não se deu sem as devidas homenagens, como mostra esta matéria do Jornal O Globo: Exposição retrata fim do Machadão e construção da Arena das Dunas.

Conhecendo a Arena das Dunas mais de Perto

A Arena das Dunas é um estádio multiuso. Além de partidas de futebol, o complexo tem a capacidade de abrigar eventos de grande porte, exposições e lojas comerciais.

A Arena das Dunas por dentro.

Com inauguração prevista para dezembro de 2013, o estádio acabou sendo inaugurado em 22 de janeiro de 2014, durante uma solenidade com participação da presidente Dilma Rousseff e do secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke.

Ainda em janeiro do mesmo ano, o estádio teve sua rodada inaugural, recebendo os jogos do entre América-RN (2) e Confiança (0), pela Copa do Nordeste, e o confronto entre o ABC (2) e Alecrim (0), pelo Campeonato Potiguar.

E o estádio não leva o nome Arena das Dunas atoa. Sua arquitetura, projetada por arquitetos da empresa estadunidense Populous é inspirada nas curvas das lindas dunas que cercam a capital potiguar.

Localizada na Lagoa Nova, entre a BR-101 e a Av. Prudente de Morais a arena foi viabilizada através de uma parceria público-privada entre a empresa OAS Engenharia e o governo do estado do Rio Grande do Norte.

Sua construção monumental foi idealizada desde o início para sustentar a candidatura de Natal a receber jogos da Copa do Mundo de 2014, pois a cidade poderia ficar de fora caso não tivesse um estádio a altura do evento pronto a tempo.

E assim as obras da Arena foram aceleradas. Tudo saiu como nos conformes com o estádio que recebeu quatro dos jogos oficiais da copa. Desde o início concebida para ser mais que um estádio de futebol, o complexo das Dunas possui a capacidade de 31.375 espectadores.

Durante a Copa do Mundo, foram instaladas arquibancadas flexíveis, que permitiu a expansão para 42 mil assentos.

Apesar dos escândalos de corrupção envolvendo as verbas direcionadas ao estádio, a Arena das Dunas segue sendo palco do futebol brasileiro além de ter múltiplas funções que a tornam um verdadeiro complexo de lazer e esportes para os potiguares.

O Estádio Machadão – para sempre na memória

Apesar da modernidade da Arena das Dunas, o Machadão segue na memória dos potiguares e de todos aqueles que amam a história do futebol brasileiro!

E se você quiser conhecer mais sobre Natal, dá uma conferida aqui: Bairros de Natal e para planejar suas férias não deixe de conferir o nosso Guia Completo de Passeios e Guia completo Praias Potiguares.

Boas férias, venha conhecer Natal!

- Anuncie Agora: 84 999583848 -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.